Feira adiada!

Tudo que você precisa saber sobre o mercado cervejeiro no Brasil

Pesquisa realizada pelo Sebrae e Abracerva revela cenário de expansão dos negócios das cervejarias artesanais brasileiras.

Tudo que você precisa saber sobre o mercado cervejeiro no Brasil

O mercado brasileiro de cervejas tem crescido significativamente nos últimos anos e continua em desenvolvimento, gerando oportunidade aos que desejam empreender na área. Nesse cenário, o Sebrae, em parceria com a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), realizou o 1º Censo das Cervejas Independentes Brasileiras para conhecer melhor quem está à frente dessas cervejarias no Brasil.

A pesquisa também é importante para avaliar o mercado atual e favorecer o desenvolvimento de estratégias que qualifiquem o empreendedor cervejeiro e impulsionem a expansão dos negócios. O censo foi realizado entre abril e maio de 2019, com 486 respostas de produtores de fábrica própria, produção terceirizada (cervejaria cigana) e bar próprio.

Perfil dos empreendedores

Entre esses empreendedores, predomina a presença masculina (87%), com média de idade de 39 anos e alto grau de escolaridade (35% tem ensino superior completo e 50%, pós-graduação ou mestrado). Os proprietários de pequenas cervejarias também têm como característica a busca por especialização.
Considerando a distribuição geográfica, a pesquisa revelou que Rio Grande do Sul (20%) e São Paulo (18%) são os estados que concentram a maior quantidade de cervejarias independentes, seguidos por Minas Gerais (13%), Rio de Janeiro e Santa Catarina (ambos com 11%).

Os negócios são jovens – a maioria com um a quatro anos de funcionamento. Os empreendimentos são mais comumente dirigidos por um ou dois sócios, e a maioria deles tem de um a quatro funcionários alocados diretamente nas etapas de operação.

 Faturamento

Em relação ao faturamento de 2018, a maioria dos entrevistados (61%) declarou que foi melhor do que o ano anterior (2017), confirmando a expansão do setor. Para 30%, o faturamento se manteve e para apenas 9% foi pior.



Em relação a 2019, entretanto, a maioria dos entrevistados (50%) relatou estar empatando receita e despesa, e 22% informou apresentar prejuízo nesse momento. O resultado sinaliza cautela.

Produção própria

Boa parte das cervejarias independentes com produção própria declarou produzir de 1.000 a 4.999 litros mensais. Em relação à capacidade máxima de produção, 51% declarou ser capaz de produzir até 9.999 litros.

Contribuindo para a redução da ociosidade na capacidade instalada, pouco mais da metade (51%) das cervejarias independentes com fabricação própria produz para terceiros. Quanto ao tipo de envase mais comum entre esse perfil de cervejarias, prevalece o barril de inox (64%).

Produção cigana

Quando o foco são as cervejarias independentes ciganas (produção terceirizada), o volume de fabricação de 48% delas varia entre 100 a 1.000 litros mensais. A produção média, por sua vez, está em 1.775 litros por mês.

Capacitação

A maioria dos empresários (81%) declarou que já realizou curso sobre tecnologia e/ou produção cervejeira. Na sequência, predominam os cursos sobre estilos, sommelier e harmonização.



Fonte: SEBRAE.



07 de Abril de 2020

Mais notícias

Comunicado oficial sobre adiamento da Feira da Lou ...

Continue Lendo

Feira da Loucura por Sapatos encerra em Novo Hambu ...

Maior promoção de calçados do Brasil encerrou neste domingo (13), na Fenac

Continue Lendo

11º Festival de Cervejas Artesanais foi opção d ...

Evento reuniu cervejarias artesanais, música ao vivo e boa gastronomia

Continue Lendo
Ver todas as notícias

© 2016 Feira Loucura por Sapatos - Todos direitos reservados